segunda-feira, 14 de março de 2011

Belas Artes

   Agora parece certo, apesar de várias tentativas de entendimento e novas datas para entrega do prédio, André Sturm, diretor da Pandora Filmes e um dos sócios do Belas Artes, não conseguiu negociar um novo contrato com o proprietário do edifício Flavio Maluf .
  É muito difícil falar sobre algo que toca muito mais a emoção do que a razão, é claro que um prédio na esquina da Consolação com a Paulista é alvo de inumeras empresas, de porte colossal, com rios de dinheiro e possibilidades de lucro futuro absurdas. Tudo isso é verdade, mas dane-se, um dos grandes expoentes da cultura paulista não existirá mais, o melhor lugar para se ver cinema em SP também tem a melhor localização, um número grande de salas e a filosofia de trazer a tela grande, tudo que o cinema mundial oferece, sem privilegiar os "blockbusters", comtemplando um público que busca a arte e a informação, junto com o entretenimento.
   O Belas Artes é minha primeira referência quando penso em cinema, e se lá não tivesse assistido a Segunda Feira ao Sol, Elza e Fred, A Vida dos Outros, Brown Bunny...teria que lotéricamente esperar que eles surgissem na minha frente em dvd e portanto provavelmente não teria pegado gosto por cinema, não passaria madrugadas inteiras no Noitão, não passaria tardes inteiras acompanhando a mostras de cinema, não seria um chato em odiar cinemas de Shopping, meu pai não estaria louco da vida por eu ter estudado Produção Áudio Visual, teria outro ponto de encontro preferido com meus grandes amigos Vini, Vivi, Gabi, Ana e teria economizado muita grana.
   Nos últimos dias, já imaginando que seriam os últimos, fui alucinadamente a todas as sessões que o tempo e o dinheiro me possibilitaram, assisti a praticamente todos os filmes do oscar que haviam estreado, Inverno da Alma, Lixo Extraordinário, Biutiful, Discurso do rei, também vi outros menos premiados mas muito legais como, A Arvore, José e Pilar, finalmente assisti ao eternamente em cartaz Medos Privados em Lugares Públicos.
   Ainda vou tentar ver mais algum filme antes de fechar, agora é torcer para alguma mudança de última hora ou que pelo menos um novo lugar com as mesmas caracteristicas e boa localização seja encontrado.

7 comentários:

  1. MIMIMIMI...vai fazer falta mesmo

    ResponderExcluir
  2. Acredita que eu nunca fui lá...agora deu até vontade, mas sei lá, gosto de cinema de shooping.rs

    ResponderExcluir
  3. É triste saber que o melhor cinema de São Paulo
    está fechandoo! Provavelmente eles abram em um lugar próxima a Paulista, mas com menos salas=(
    Fará muitaaaa faltaaa!!

    ResponderExcluir
  4. ótimo texto
    bom blog
    parabéns
    <>
    visite-nos e comente tmbm
    gostando siga e avise que retribuiremos
    se seguir deixe o aviso no comentário
    deixando o seu link para retribuirmos
    <>
    grato
    <>
    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. opa estou seguindo seu blog,obrigado pela visita,passe la sempre q puder e siga se puder tbm ...sucesso :)

    ResponderExcluir
  6. Ótimo texto, Gagui... também ficarei com lembranças de filmes marcantes... muitos, inclusive, vistos com você e o pessoal.
    Uma pena o fim do Belas Artes =/
    Obrigado também pela referência no texto!
    Saudades, maninho! Até breve!

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito de tudo, estou te seguindo!
    Da uma passadinha no meu:
    http://vibrealma.blogspot.com/

    ResponderExcluir