domingo, 1 de agosto de 2010

Gigante

O cinema uruguaio produz muito pouco e mesmo assim a possibilidade de se assistir um grande filme vindo daquele país é enorme. Basicamente os filmes uruguaios são feitos em parcerias com centros mais desenvolvidos, que dão auxilio na produção, distribuição e formação de elenco.
O filme reverenciado neste post é GIGANTE dirigido por Adrián Biniez, produzido em conjunto por Uruguai, Argentina, Alemanha e Espanha. O filme conta a história de Jara(Horacio Camandule)um sujeito simples, segurança de supermercado, Jara trabalha nas madrugadas observando o movimento no estabelecimento através das câmeras, neste trabalho um tanto solitário ele se encanta por uma das faxineiras,Julia(Leonor Svarcas) que ele passa a seguir tanto no trabalho como em todos os outros lugares.O grande problema é a timidez do rapaz, a dificuldade de se relacionar até com seus colegas de trabalho, Jara vive ouvindo suas bandas de rock favoritas e jogando videogame com seu sobrinho é um homem solitário que se apega em seu novo sentimento com muita força.
É marcante como o simples fato de poder observá-la o satisfaz completamente e como se tem a impressão de relação entre dois personagens que não se cruzam.
Se trata de uma produção simples em todos os aspectos, que se vale pelo silêncio que transmite sentimentos, que traz o cotidiano das pessoas mais simples da sociedade, uma grande atuação do seu personagem principal (que até este filme nunca havia atuado profissionalmente) e a direção de Adrián Biniez que faz muito com pouco. 
GIGANTE foi premiadissimo no Festival de Berlim de 2009 vencendo 3 prêmios, inclusive o de melhor filme.

Titulo:Gigante 
Gênero:Drama 
Lançamento:2009 
Direção: Adrián Biniez 
Roteiro: Adrián Biniez
Elenco: Horacio Camandule, Leonor Svarcas


    2 comentários:

    1. Nunca vi ou ouvi a maioria dos post's
      mas vou tentar dar uma zoiada Va...rrrrssss

      ResponderExcluir
    2. Paro mew ?rsrsrsr

      ResponderExcluir